terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Fragmentos de um diário #2

Fui ao diário neste 14 de Fevereiro.

"E assim do nada, ele parece querer surgir. E se para uns é fácil identificar, para mim - uma aluada do pior, confesso que é TÃO... difícil de lidar.
É um misto de sentimentos... "Quais borboletas quais quê, eu sinto o zoo inteiro." E se por um lado não há a pressão dos rótulos a definir o que quer que isto seja, há a incerteza de (talvez) nunca poder saber se ele é mesmo real.

Mas tem sido uma viagem e pêras! E que viagem. E que companhia.
Olhando para trás, cresci tanto. Acho que ele me fez olhar as coisas por outra perspectiva. A querer mais para mim e a fazer mais por mim, para que também tivesse algo melhor para oferecer a outro alguém que O quisesse partilhar comigo.
(...)

Descobri que perdemos tanto em não falarmos o que nos vai na alma. Em dizer aquela treta que te passa pela cabeça quando estás simplesmente a observa-lo, enquanto ele se perde em tarefas sem fim. E tu ali ao lado, a esboçar um sorriso com um ligeiro brilho nos olhos sem te aperceberes de tal. O mesmo acontece quando ele te conta mil-e-um histórias com a alegria de uma criança, e saber que aquilo é uma memória feliz, instantaneamente, deixa-te feliz.(...)


segunda-feira, 15 de agosto de 2016

"you were looking for yourself out there"

"E quando tu não és suficiente? Quando acordas e apercebeste de que o teu eu, não chega. Não se projecta no projecto que sempre pensaste fazer parte?

Crias justificações para tentar entender o porquê de o caminho estar interrompido. De que fizeste escolhas erradas, disseste algo proibido, de que TU não fizeste por mais... de que o problemas está no teu desenho! Que o projecto que tanto idealizaste cooperar, não era para ti, porque não há futuro. Que foste um pilar importante mas que as bases nunca foram firmes para equilibrar toda a estrutura criada e, daí terem cedido." (estava perdido nos rascunhos)

>>

Cansei-me de justificar o porquê de ter ficado pelos rascunhos. De achar que diariamente poderia acrescentar um pouco mais e, de que a pouco-a-pouco, a maquete ganharia vida.

Só que não é assim que funciona. Não chega acrescentar quando não se sabe ao certo o que se quer ver projectado. E é ai que temos de reconhecer que nos perdemos na catrafada de sarrabiscos que não saíram do papel.
Todos aqueles papéis - que marcados pelo lápis e pela força da borracha - trago comigo, passam a fazer parte de um diário gráfico; que diariamente me acompanham nesta nova viagem, por terras de ninguém sem destino algum.

Partimos por diferentes caminhos em busca de inspiração pessoal, de novas perspectivas a fim de criar e, quem sabe, realizar algo novo. Tentando não perder o norte nem a essência que se partilhou.


drops of jupiter - train


Alguém disse: "She never looked nice. She looked like art, and art wasn't supposed to look nice.
It was supposed to make you feel something."





sábado, 21 de maio de 2016

maybe tomorrow

A certeza da incerteza era o que havia de certo.
Barreiras de gelo foram quebradas e - pelo menos por agora, as últimas gargalhadas dadas...
Não sei... Talvez tenha sido uma só bola de neve mas que quando me atingiu, tomei noção das proporções que atingira. Mas não sei. Ainda não sei. Se era uma pequena bola ou uma avalanche.

A certeza põe termo à incerteza.
Mas não sei. Quem disparou em direcção a quem. Se haverá quem tenha puxado o gatilho. Ou se algum alguém, dará o corpo às balas.

O termo da incerteza só trouxe mais incerteza.
E então, talvez amanhã. Talvez amanhã tome certeza daquilo que por ter sido (desde cedo) incerto, achava ser certo. Foi correcto.

"And I don't know what to say, Tomorrow is a different day!"




domingo, 8 de maio de 2016

Livros - Shadow Hunters

Começo por pedir desculpa pela ausência, mas o mês de Abril representou todo um novo período de adaptação ao novo emprego que, só por acaso, estou adorar!
Daí não ter tido tanta disponibilidade para cá vir actualizar o blog.

O primeiro post de Maio é uma nova rubrica cá do blog! Chama-se "Fragmentos de um diário" e neles podem ler algumas passagens e/ou desabafos que eu ia partilhando no meu antigo blog, como Miss Little. Apesar de não representarem em nada, a fase da minha vida em que actualmente estou, "Fragmentos de um diário" representa a menina que outrora fui.

Novidades! Como já sabem, ou deviam saber, sou viciada em séries e decidi começar a ler os livros da saga Caçadores de Sombras (Shadow Hunters) da Cassandra Clare e estou amar! Actualmente estou a terminar o segundo volume - A cidade das cinzas, mas já tenho o terceiro em meu poder - A cidade de vidro. Já vi o filme e a primeira temporada da série. Não desiludem mas após a leitura do livro, sentimos que se só tivéssemos ficado pela TV, faltariam momentos importante para o desenrolar de todo o enredo!

Elenco da série Shadow Hunters

EU A-D-O-R-O LIVROS, sinto como se estivesse dentro das histórias, presente na vidas das personagens! Desde cedo fui incentivada a trocar os brinquedos por livros - tenho inclusive a colecção da Anita, mas à medida que ia crescendo, só lia por obrigação.



Comecei por ler Nicholas Sparks, Margarida Rebelo Sousa, Daniel Oliveira, E. L. James... tudo muito dentro de romances mas agora colei na fantasia dos livros da Cassandra Clare graças ao sucesso da série que só volta daqui a uns mesitos para a segunda temporada! Até lá, faltam-me 4 de 6 volumes da saga, e há muito para ler.

@E vocês? São fãs de que tipo de leituras? Aceito sugestões!

Volto em breve,
Rita

sábado, 7 de maio de 2016

Fragmentos de um diário #1

"E eu perderia horas, escrevendo-te cartas que provavelmente lerias em momentos nostálgicos (com uma música significativa de fundo), que descrevessem vivências que, durante essa tua ausência, eu fui sujeita. Mas não tas enviei, não por falta de coragem ou coisa alguma, mas não chegaria papel algum para relatar as mudanças a que tive de me adaptar. Seria duro, para ti, ler toda aquela inexistência, toda aquela falta que... (não vale a pena completar). Os envelopes que essas cartas transportavam, iriam com um volume irregular, papéis em branco pelo meio também narravam dias assim, vazios. No entanto, mandar-te-ia uma foto com um sorriso tímido, que transparecia saudade e vontade, de ouvir a porta bater."

quinta-feira, 14 de abril de 2016

#desafio90dias: os primeiros 13



A minha contagem para os 90 do #desafio90dias começou dia 2 de Abril, e adivinhem lá algo importante que eu me esqueci de fazer... PESAR! Sim, quero perder peso e nem sequer cuidado tive para saber qual o valor - com que infelizmente - estava.
Pesei-me só dia 8 #day7of90, a quando uma amiga decidiu alinhar comigo em 3 diasnonstop para verificar a eficácia dos produtos Herbalife. E sim, ela esteve mais empenhada que eu nesses 3 dias e, indirectamente, tem me motivado a continuar. Não é fácil! Porque não se trata só de tomar os batidinhos (pequeno-almoço e jantar) e já está! Requer que durante as restantes refeições, tenhamos cuidado com as escolhas que fazemos; há uma constante partilha de ideias, receitas, dicas e muitos muitos rótulos nutricionais no grupo para que nos possamos ajudar uns aos outros. Mas como ela diz: "se fosse fácil estavam cá outros" e é bem verdade.

Noto que a falta do complemento do ginásio não tem ajudado na perda de peso/volume que tanto quero. Actualmente treino 2x por semana andebol, mas confesso que não há grande intensidade. Foi então que hoje, no meio das minhas cusquices nas páginas do facebook de outras bloggers - nomeadamente na página da Carla - descobri um programa de treinos diários de 30min que me pareceu super interessante.

O programa são 30 minutos diários por 30 dias. Acho que arranjo sempre meia horita para poder fazer um pouco de exercício. Quando os experimentar deixo o meu feedback, até lá se os quiserem experimentar, depois digam-me o que acharam.

Concluindo: 
De dia 9 a dia 13 foram-se 1,300gr! Alguma massa muscular pelo meio mas já foi um incentivo.
Lembro-me que andava nos 67kg +/-, dia 8 com 66,9kg e dia 13 com 65,6kg

Coisas que fiz:
» deixei de ingerir açúcar: já não o uso sequer no galão e consegui deixar de por no chá! Uma sugestão: não cortem o açúcar de uma vez, se o fizerem preparem-se para o mau feitio que ai vem - comigo foi assim!
» eliminei o leite de vaca: que substituí por soja pois não sei se realmente sou intolerante mas desde que parei de ingerir, não me sinto tão inchada nem com cólicas.
» voltei a comer fruta regularmente: desde que tenho o aparelho, comer maça ou pêra à chinca era tão difícil que fui anulando a fruta mas já a voltei a incluir na merenda! Por norma 3 peças por dia sendo sempre uma delas uma ba-na-na.
» nada de refrigerantes ou álcool: não aprecio coca-cola mas bebo se houver, mas caraças se posso deixar com facilidade porque não?! Por norma bebo chá frio ou morno é estranho mas eu A-D-O-R-O. Quanto ao álcool, não sair tanto à noite tem ajudado na minha gula por caipirinhas ou outras bebidas, portanto nem sinto falta. Vou me guardar para o meu aniversário no fim do mês.
» não aos hidratos à noite: como nem sempre janto o batido, faço algo mais leve para mim e para o meu pai e optei por substituir no meu prato os hidratos por salada ou legumes. Só em dias de treino como um pouco de massa ou então arroz. Por norma como sempre a sopa primeiro para ficar logo saciada.
» instalei apps "fit": que me ajudam a cumprir pequenos objectivos diários desde correr, caminha 1h, controlar a perda e ganho de peso. Actualmente uso a S Health e Nike+ Running
» partilho resultados: para me manter focada e motivada e poder também - quem sabe - inspirar alguém a fazer o mesmo.
» beber muita água: calma, que ainda não consigo atingir os 2lt/dia, mas tenho tentado e andado perto de 1lt. O que me tem ajudado é o gosto por chás e seja em que altura do dia for, quente ou frio lá vai.
» tomei suplementação: os batidos ajudam muito nesse sentido, actualmente só ainda não estou a tomar proteína mas é algo que espero que me vá ajudar em breve. Vou aproveitar o fim-de-semana e dar um salto ao Celeiro e adquirir alguns super alimentos que tanto quero testar. 

Por melhorar está a situação da pouca falta de exercício físico. Vou tentar complementar com estas video-aulas, algumas corriditas e ginásio mais não seja antes do treino.

@ Deixo então aqui mais algumas fotos partilhadas no meu instagram de algumas refeições que fui fazendo nestes dias.

@E vocês, andam a cumprir alguma resolução da passagem-de-ano? Esta é uma das minhas.
Até,
Rita!

quarta-feira, 6 de abril de 2016

#desafio90dias

Falei na página do facebook aqui, que ia entrar num Desafio "VIP" mas não me alonguei muito no assunto e hoje venho explicar em que consiste!

‪#‎desafiovip90diasespt‬ consiste num programa alimentar e de exercício físico que tem por objectivo alterar a composição corporal do participante. Os objectivos são pessoais e por isso o #desafiovip90diasespt não é só um plano de perda de peso mas sim de alteração de estilo de vida.
Foi criado um grupo na rede social no Facebook em que, diariamente, os participantes do #desafiovip90diasespt colocam pelo menos uma foto alusiva ao seu novo estilo de vida. A partilha do peso e objectivos dos participantes é pessoal e totalmente privado entre o próprio e o Coach e só com autorização e vontade própria será publicado.
Estilo de vida activo e saudável:
☆ Alimentação Equilibrada 
☆ Suplementação
☆ Hidratação 
☆ Exercício Físico

Actualmente vou no 5º dia! Tenho tentado aliar a suplementação da Herbalife, nomeadamente o famoso batido substituto de refeição F1 - especialmente ao pequeno-almoço, às restantes refeições tornando as cada vez mais saudáveis. No que diz respeito ao Exercício Físico, é onde mais "falho", treino apenas o que me é imposto nos treinos de andebol, mas espero mudar isto em breve e voltar a inscrever-me num ginásio ou então decidir-me a ir dar umas corridinhas com mais frequência!



instagram @itsallritas.fault

» Um dos meus objectivos pessoais, além da perda de peso, passa por realmente mudar a minha alimentação - e de vez! Então ando a "estudar" os superalimentos da ISWARI, as lojas CELEIRO sempre aliados também à HERBALIFE.

@O que acham deste tipo de desafios? Eram capazes de alinhar? 
Vou criar uma label aqui no blog para que possam ir acompanhando o processo!


Abril sorrisos mil...
Rita,